Prefeitura de São Mateus - Norte do Espírito Santo


”SUSTENTO DA FAMÍLIA É COM A RENDA DO VERÃO DE GURIRI”

*Matéria publicada pelo Jornal Tribuna do Cricaré 


Assim como empresários estabelecidos formalmente com pousadas, restaurantes e sorveterias, os vendedores ambulantes têm também no Verão e, principalmente no Carnaval, fontes importantes para o sustento da família durante o ano inteiro. Em entrevista à Rede TC de Comunicações, dois deles falaram o que representam essas vendas na alta temporada para toda a família.


Montador de andaime na área de produção de petróleo, Magno Nobre deixou o emprego para trabalhar como ambulante na Praia de Guriri. Ele vende bebidas, como água mineral, refrigerante, cerveja e água de coco. O objetivo inicial era obter uma maior renda para a família.


A decisão de deixar o emprego formal, tomada há seis anos, foi avaliada por ele como positiva, principalmente porque que há três anos vem constatando crescimento gradativo do movimento turístico na alta temporada no balneário.


O ambulante conta que mora com a esposa Silvana e o filho de cinco anos no Bairro Forno Velho (Cohab), e destaca que o trabalho começa por volta de 9h e vai até quando terminar o movimento na praia. “Tem dia que vende mais ou menos, mas não dá para perder. Dá para sustentar a família” – garantiu. Ele preferiu não relatar o rendimento que obtém com as vendas em Guriri.


Magno destaca que as programações são importantes, tanto a de Verão quanto a do Carnaval em si. Conforme disse, a renda obtida na alta estação representa 80% do faturamento que a família tem durante todo o ano. Inclusive, a esposa Silva trabalha com ele. Avaliando como excelente o Verão 2020, o vendedor acredita que durante o Carnaval terá um faturamento ainda maior.